Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

ABP solicita inclusão de pacientes e trabalhadores de saúde mental na primeira etapa da vacinação

Na última quinta-feira, 21 de janeiro, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), por meio de ofício enviado a autoridades, solicitou do poder público a inclusão de pacientes, psiquiatras e profissionais de saúde mental na primeira etapa da vacinação contra Covid-19.

O posicionamento vai ao encontro da carta de orientação enviada pela Associação Mundial de Psiquiatria (em inglês, World Psychiatry Association – WPA), assinada pelo presidente da instituição, Dr. Afzal Javed. No texto, o presidente da WPA reforça que investigações que apontam: “pessoas com doenças mentais têm maior probabilidade de serem infectadas por COVID e que, uma vez afetadas, apresentam taxas de mortalidade muito mais altas do que o restante da população”.

O ofício da ABP foi enviado a Secretários Estaduais e Municipais de Saúde, bem como ao Ministério da Saúde, ressaltando os riscos aos quais os trabalhadores da saúde mental estão submetidos. Também aponta a situação delicada dos pacientes psiquiátricos no contexto atual.

Assim, o documento “solicita ao poder público que analise com cautela a situação dos psiquiatras e profissionais da saúde mental, assim como os padecentes de doenças mentais, incluindo-os na primeira etapa de vacinação. União, estados e municípios devem comprometer-se com todas as áreas da saúde neste momento, não deixando o estigma refletir nas ações de combate ao coronavírus”.

 

Leia a íntegra do ofício clicando aqui.